Sobre EMP /

Conheça melhor a Escola de Música de Perosinho

Historial da Escola de Música de Perosinho (EMP)

A Escola de Música de Perosinho começou a tomar forma no ano de 1996. Atualmente, a escola acolhe 400 alunos e 34 professores, ministrando aulas em 21 instrumentos diferentes.

Em 1996, uma nova direcção do Grupo Musical da Mocidade Perosinhense começou a convidar, para o seu corpo docente, professores com formação académica, que foram substituindo o sistema antigo. Esta transição foi feita de uma forma gradual, não se tendo notado um corte radical com o passado, mas uma evolução dos seus métodos pedagógicos e, acima de tudo, numa relação professor/aluno mais próxima e significativa. Como resultado desta mudança de filosofia, os professores, apoiados pela Direcção do Grupo Musical da Mocidade Perosinhense que mais tarde foi eleita (Presidida pelo Sr. Bernardino Almeida), nomearam um Director Pedagógico (Prof. João Costa), com o objectivo principal de levar a escola à oficialização e paralelismo pedagógico.
A partir desta data, e definidas as prioridades, as direcções pedagógica e administrativa iniciaram um caminho que culminaria na criação Autorização Provisória de Funcionamento e Paralelismo Pedagógico da Escola de Música de Perosinho (EMP). As instalações foram construídas com financiamento da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.
Em Outubro de 2000, a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) deu Autorização de Funcionamento e Paralelismo Pedagógico aos cursos básicos ministrados então: Flauta Transversal; Clarinete; Trompete; Piano; Viola Dedilhada; Violino; Violeta e Violoncelo.